Aplicações financeiras

Existem vários tipos de aplicações financeiras. Vamos agora descrever algumas em que pode investir.

Fundos de Investimentos

São uma das aplicações financeiras mais conhecidas. Trata-se de um conjunto de ações, títulos e outros títulos mobiliários gerenciados por profissionais em investimentos, mas pertencentes aos acionistas do fundo de investimento. Se você comprar ações de um fundo de investimento, o seu dinheiro é somado ao dinheiro de outros investidores.

RDB (Recibo de Depósito Bancário)

Trata-se de um título emitido pelos bancos comerciais e de investimento, representativo dos depósitos a prazo. É intransferível e não tem liquidez.

CDI (Certificado de Depósito Interfinanceiro)

É um título emitido pelos bancos comerciais e de investimento, que só pode ser vendido para instituições financeiras.

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

Trata-se de um depósito baseado no tempo, num banco ou instituição de poupanças e empréstimos. Quando você compra um CDB, tem de deixar o seu dinheiro no banco durante um período de tempo específico, que varia entre os 30 dias e vários anos. Em troca, o banco garante uma taxa de juros específica maior do que é pago em uma conta de poupança em caderneta bancária.

Títulos Públicos

Os títulos públicos são uma das aplicações financeiras mais recorrentes em Portugal. Emitidos pelo Banco Central, são papéis de curto e médio prazo, de muito pouco risco e com taxas de juros mais baixas do que as dos papéis emitidos por bancos e empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *